terça-feira, 1 de março de 2016

A falsa dicotomia de Olavo de Carvalho em relação à Rússia

 

oc_putin


1/ Olavo de Carvalho identifica o povo russo, por um lado, com Putin, por outro lado.

Povo russo = Putin.

O povo russo (e a sua cultura) não existe sem Putin.

2/ quando se trata da Rússia ou de Putin, a acção política não é vista (por Olavo de Carvalho) em função das consequências que provoca. Desta forma, a acção de Putin é constituída por “promessas” que não se traduzem em resultados objectivos. A acção política de Putin é uma ilusão; não existe; são apenas “promessas”.

3/ Está implícita na ideia de Olavo de Carvalho, em uma falsa dicotomia, que a acção da política americana em relação ao Cristianismo no mundo, é real e positiva, apesar de Obama. Ou seja, parece que há alternativas cristãs a Obama, nos Estados Unidos.

Em suma: os valores cristãos na política russa são uma ilusão, e na política americana são reais. A inversão da realidade.

3 comentários:

  1. O homem passou-se!@ O outro licensiado em historia tb! LOL

    ResponderEliminar
  2. Ha outra besta quadrada LUIS DUFAUR

    http://www.midiasemmascara.org/mediawatch/noticiasfaltantes/comunismo/16368-putin-confessa-qsou-comunistaq.html

    Porém, o ditador do Kremlin esclareceu: seu comunismo não teria sido posto em prática pelos “socialistas utópicos”, entre os quais incluiu Lenine, segundo a revista Newsweek.

    Liberal freakin magazine :

    http://guardianlv.com/2014/03/newsweek-back-in-print-again-with-very-different-owners/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ¿O Olavo de Carvalho também não foi comunista?!

      Eliminar

Neste blogue não são permitidos comentários anónimos.